Pular para o conteúdo principal

O post do alcólatra

Situação: álcool na sexta e no sábado. Sábado é hoje, álcool presente contínuo.
Decido por fazer a experiência de postar em tais moldes, veremos.Gostaria de dicertar sobre ontem.
Tudo começa com a extrema irritação proveniente da convicência com outros seres-humanos ao longo do dia todo. Brigas e mais brigas, discuções, vontade de mandar ir tomar no cu pois minha vida é minha, se é que me entendem.
Mas daí.
Veio o encontro casual. Pessoas que estavam predestinadas a estarem lá naquela hora e naquele local. Revelações que apenas esperavam a oportunidade pra serem confirmadas, pois todo mundo já sabia de todo mundo.
Diversão.
Adrenalina.
Flerte.
Luxúria.
Vergonha.
Despreocupação.
Casa.
Xingo.
Ressaca e dores genitais.
Chega o sábado. Mentiras vão, mentiras vêm. Desculpas esfarrapadas que colam muito bem são dadas. Orgulho.
Aniversário de irmã. Festa "surpresa". Carro de telemensagem. Declaração de amor.
Falando em amor, o amor da vida estava presente. Contei todo o ocorrido no dia interior.
Inveja
Estiga
Vontade
Fornicação.
PARE!
Fiquemos onde está. Afinal de contas, há muito o que se provocar entre um e outro ainda.
Mais alcool, mais meditação e muitos parágrafos. Tendo a eles, percebo. Tendo ao edonismo. Tendo ao erotismo. Tendo à balburdia. Só não tendo à tender.

Acho tendência!

Comentários

Mandy disse…
Vou perdoar uns "c" no lugar de uns "ss" devido ao teor alcóolico. E, se não soubesse, estaria roendo as unhas até saber!
Harlequin'Aglio disse…
erros de pontuação grotescos, vão ficar aí eternamente fodasse
Harlequin'Aglio disse…
a propósito, escrevi diSSertar, mas apaguei pq achei q tava errado
Aline disse…
Vale constar que eu ri.

;p
Tiago Faller disse…
ALOKA!

Sijoga, bee!!

E nada de mordidas frustradas, hein, garote!
Marília menine disse…
vale constar que eu fiquei boqueteaberta meldels eu quero saber disso tudo, putaquepariu!!!!
Ai, uma dia eu posto algo bebada. A propósito, gostou mesmo desse meu último post? Achei ele meio mais ou menos. Mas postei porque o caso era inusitado.
Enfim. Guarde todo seu teatro para a representação desse fato que precisas me contar pessoalmente regado a cervejas.
bjos bjos my baby
Anônimo disse…
eita cana braba sô
=D

otimo blog!!
Smartphone disse…
Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Smartphone, I hope you enjoy. The address is http://smartphone-brasil.blogspot.com. A hug.
Carlos Alberto disse…
Diversão.
Adrenalina.
Flerte.
Luxúria.

A base da liberação da endorfina humanaa =P
me deu até vontade de beber kkkkk
ótimo blog Marceloo
parabéns!!
Carlos disse…
Erros que são acertivos ese fazem entender...rsrsrs - Sou fã desse cara..... Contesto personalidade, mas não o genialismo... Abraço brother - Cadu
Bárbara Araujo disse…
Estando eu a comentar 3 meses depois do texto postado, esse comentário será lido?

Adorey!
;D
Por favor Marcelo, escreva um livro!
Celo Aglio disse…
GENTE???

TO LENDO SIM E ESCREVEREI, UM DIA!!
Anônimo disse…
Your blog keeps getting better and better! Your older articles are not as good as newer ones you have a lot more creativity and originality now keep it up!

Postagens mais visitadas deste blog

OLHA

Nesse blog não relato coisas que "só acontecem comigo", mas tô disposto a escrever um troço aqui, e quem não curtir pode clicar naquele x vermelho lá. Porque o blog é meu (tá, agora ficou parecendo outra coisa), enfim:


 Tô aqui pra deixar claro que sou contra a censura, mas a favor do respeito, por isso mesmo digo: crianças, não paguem suas contas em dia.   Sério, o CEUNSP faz uns boletos mucholocos que contam fim de semana como dias úteis (Gente, eles encontraram utilidade no domingo! Isso é sacrilégio!), daí seu boleto sempre vence 1 ou 2 dias antes do quinto dia útil do resto do Brasil. De boas, tô até acostumado a pagar sempre atrasado. A questão é que meu pagamento caiu hoje, na mesma data de vencimento do boleto de setembro, e eu pensei em uma vez na vida ter a capacidade de não pagar juros e taxa de conta vencida. Fui lá, tirei a grana e fui à faculdade quitar minha dívida com a sociedade (ou ao menos, metade dela). O fato é que "não recebemos mensalidade antes do…

O ano de viver perigosamente.

Vivere pericoloso é o que diriam os italianos, ou até um romance que conta um trecho da história da Indonésia. Foi por aí que me interessei em "Year of Living Dangerously" da "Scissor Sisters", uma de minhas bandas favoritas. Simplesmente porque ela descreve tudo o que 2013 deve ser de acordo com os meus planos. A letra fala por si.


  "Year Of Living Dangerously"
Tell me what does it mean to be faithful?      Diga-me o que quer dizer ter fé? Is a heart only made for beats?                   Um coração só foi feito para bater? Just another word for painful?                     Somente outra palavra para o sofrimento?
So I try to slow down, the brake’s broken.    Então eu tento ir mais lento, o freio quebrou. There’s no way to jump out of here,            Não há modo de pular fora daqui. All these conversations unspoken...             Todas essas conversas não ditas...
So I keep searching                                  Então eu continuo procurando For every…

Pão, pão; queijo, queijo.

- Então é isso, Celina? É pão, pão; queijo, queijo?... Eu bem vejo como você é determinada, como é cheia de preceitos e, sabe, isso é bonito de ver, Celina. Gente assim tá em falta no mundo, de verdade. Gente que sai, que escuta os outros, que pensa sobre as atitudes e que depois não arreda pé daquilo que determina. Eu não, Celina,  eu sou um bundão. Todos os dias eu saio por aí tentando colecionar afetos depois que você me deixou. Não é que eu esteja te culpando, Celina, logo você que é tão compreensível. Eu só saía por aí tentando ser uma daquelas pessoas que conquista todo mundo com um sorriso, uma palavra doce, igualzinho a você. Eu queria ser você. Só que não adianta, não é verdade, Celina? Não adianta a gente querer mudar o que é de verdade, além de bundão, eu sou um turrão. Só me compram depois que lêem da página dois pra lá; contigo não, você é tão cheia de si, tão dona do sorriso mais sincero que eu já vi. Na verdade eu queria você pra ser um pouco como você. Eita menina dete…