04/07/2008

Entrelinhas de um Amor Puro

"O que há dentro do meu coração
Eu tenho guardado pra te dar
E todas as horas que o tempo
Tem pra me conceder
São tuas até morrer"
De onde vem isso? Que capacidade adormecida? Que novo estágio é esse? Pra qual etapa passei? Acabei de chegar da solidão? E ela, pra onde vai, então?
"E a tua história, eu não sei
Mas me diga só o que for bom
Um amor tão puro que ainda nem sabe
A força que tem
é teu e de mais ninguém"
E tu, quem és? Onde exatamente estás agora? De que gostas, de que desgostas, de que poderias gostar? Até qual ponto és igual a mim? Por quais diferenças clamarás? Reclamarás?
Existirás?
"Te adoro em tudo, tudo, tudo
Quero mais que tudo, tudo, tudo
Te amar sem limites
Viver uma grande história"
Obrigado. Agradeço-te e a Deus por reviver isso dentro de mim. Há quanto não vinha esse calafrio, essa vontade de ver, e de não ficar pensando no que fazer após nos vermos. De deixar pra depois. De sentir agora, de viver depois.
De ser pisciano.
"Aqui ou noutro lugar
Que pode ser feio ou bonito
Se nós estivermos juntos
Haverá um céu azul"
De onde quer que venhamos, pra onde quer que iremos, dizer que bastamo-nos um a outro é obsoleto, contudo dizer que pela vontade de amar-nos, meio caminho já fora andado
é certo.
"Um amor puro
Não sabe a força que tem
Meu amor eu juro
Ser teu e de mais ninguém
Um amor puro"
O tempo urge, a vida passa, vives, cresces, mostras-me de tudo o que és capaz. E eu admiro, e preparo-me, como se arasse a terra para o plantio, é como se eu estivesse pronto pra ser uma semente de ti, florescendo em mim. Paixão ante amor, amor ante grande história.
E nós.
E o mundo
E o amor
Puro.

4 comentários:

Marília :) disse...

Acabei de ler: estrelinhas de um amor puro.
hahahahahaha

Marcelo, Marcelo, o que seria de nós sem nossas filosofias e desabados botequeiros?
Te amo!

Julian disse...

tb te amo pisciano *____*

Celo Aglio disse...

amo todas vocês e como

Mandy disse...

E nós.
E o mundo
E o amor
Puro
E como.