Pular para o conteúdo principal

Meme.

A Lívia Brito, do Mera Distração, é uma fofa e me mandou isso aqui. Lembra aqueles questionários de caderno, lembra também aquela corrente de e-mails que eu e meus chegados amigos internáuticos respondemos. Achei o nome meio esquisito, e demorou pra sacar de quê se tratava, mas taí, pra quem se interesse por mim:

1. A última pessoa com quem falou hoje: Não sei, conta internet? Estou falando com a Marília e o Tiago no msn – pra variar – mas se for no âmbito físico (?), foi minha irmã.

2. A última coisa que falou: “Saicu”. Sim, isso é sério, temos um relacionamento todo embasado em carinho e palavras sutis.

3. O último pensamento: “Coo! Preciso postar alguma coisa... Acho que vou pegar aquela prova de Crônicas que fiz na aula de Leitura e Redação semestre passado e passar aqui... Meme? Vou ter que mandar um barato assim igual? Ufa! Aquela prova AINDA é meu ultimo recurso!”

4. A última pessoa com quem brigou: Na boa? Não sei mesmo. Eu brigo com as pessoas todo o tempo mas nada que não volte ao normal, acho que acostumaram-se comigo! Se for briga de porrada, saí no tapa uma vez com um otário que mora na rua de cima aqui, acho que eu tinha 14 anos...

5. A última pessoa com quem se reconciliou: O Clayton, mas não estávamos brigados.

6. A última pessoa que falou de Deus pra você: William P. Young, e o fato de eu ter que ler um livro pra “ouvir” sobre Deus me faz sentir saudades do Tih. Oi Tih!

7. O último lugar que você gostaria de estar: Qualquer um que me deixasse só.

8. O último filme a que assistiu: Um que passou na Record ontem de um tenista Inglês apaixonado por uma Americana, achei tão babaca.

 9. O último livro que leu ou está lendo: Estou lendo A Cabana de Willian P. Young (entendam a 6 agora), e preciso ler trezentos e cinquenta e oito até julho.

10. O último presente que ganhou: Um postal da Mandy, lá da Holanda, a foto é de um monte de camisinhas penduradas no varal. GENTE???

11. A última coisa que gostaria de estar fazendo: Não faço idéia, sério.

12. O último telefonema feito ou atendido no seu celular ou telefone: Uma tentativa da Marília de falar comigo no meio da aula ontem,  e três toques da Bárbara, eu atendi, caiu.

13. O último conselho que deu e pra quem deu: “Na boa, vá pra Cerquilho no Carnaval” E acho tendência se jogar no povão e fazer o “average”.

14. A última vez que chorou e por que: Faz um mês e pouco... Crises existênciais. A próxima tá prevista pra semana que vem, durante ou depois do Carnaval.

15. O que faria hoje se fosse seu último dia de vida: Escreveria e contaria a todos o que se sente ao saber disso.

Então é isso, minha gente, nunca consigo dar respostas objetivas ou construtivas. Mas  fica ae a intenção.Ah! Vou tenho que indicar mais três! ( Sei que na verdade são quatro, mas sou RBD não sigo los demas)

Tiago Faller, do Eclesiastes;

Marília Monteiro, do Uma Coca quente;

Mariana Souza, do Nona, ordinal feminino para nove.

 Fui.

Comentários

Tiago Faller disse…
Oi, Celo. HOHO! Enfim, em breve estaremos juntos de novo falando sobre Deus, coisas de vida e, agora, William P Young.

CurTIH a lot! Nem preciso falar que adoro essas paradas da pessoa ter que responder essas perguntas Enfim, não entendi a parte da indicação. Desenha?
Lívia Brito disse…
HAhahhaa..
Adorei suas respostas - objetivas.
Já li o livro, é sensacional. E o item 15 é perfeito!!

;D
Obrigada pelo "fofa". hihi
Grande beijo.
Duda disse…
AAAAAAAH, eu adoro essas coisas também :D :D :D
Beijo, Celo!
Tato Barba disse…
Exato!
Nós somos incríveis!

Uma reconciliação que foi fruto de um pé-de-implicância.

Tá, eu sou muito chato.

Tá, eu também lhe amo, Celo.

Mas... É... Na verdade...

Quer saber?
Eu não estou nem aqui!
Marília disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Marília disse…
Ai que lindsay! Quero fazer isso no meu também, pode? :D (to desatualizada???????? hahahahah!)

Minha tentativa de falar com vc na aula, vc ta pouco se f****, agora, com a Barbareta vc fala, né? HUM! Tudo bem, posso até te compreender, mas olha, não gostay, tá? kkkkkkkkkk

Outra coisa, o Barba é chato mesmo.. Pqp.. As vezes a gente consegue o aturar, mas não é sempre não, hein.. ahahhahahaahha! =P

Digna a indicação do meu blog ok bjs
mariana disse…
respondo espera um pouco?
mariana disse…
respondo espera um pouco?

Postagens mais visitadas deste blog

O ano de viver perigosamente.

Vivere pericoloso é o que diriam os italianos, ou até um romance que conta um trecho da história da Indonésia. Foi por aí que me interessei em "Year of Living Dangerously" da "Scissor Sisters", uma de minhas bandas favoritas. Simplesmente porque ela descreve tudo o que 2013 deve ser de acordo com os meus planos. A letra fala por si.


  "Year Of Living Dangerously"
Tell me what does it mean to be faithful?      Diga-me o que quer dizer ter fé? Is a heart only made for beats?                   Um coração só foi feito para bater? Just another word for painful?                     Somente outra palavra para o sofrimento?
So I try to slow down, the brake’s broken.    Então eu tento ir mais lento, o freio quebrou. There’s no way to jump out of here,            Não há modo de pular fora daqui. All these conversations unspoken...             Todas essas conversas não ditas...
So I keep searching                                  Então eu continuo procurando For every…

OLHA

Nesse blog não relato coisas que "só acontecem comigo", mas tô disposto a escrever um troço aqui, e quem não curtir pode clicar naquele x vermelho lá. Porque o blog é meu (tá, agora ficou parecendo outra coisa), enfim:


 Tô aqui pra deixar claro que sou contra a censura, mas a favor do respeito, por isso mesmo digo: crianças, não paguem suas contas em dia.   Sério, o CEUNSP faz uns boletos mucholocos que contam fim de semana como dias úteis (Gente, eles encontraram utilidade no domingo! Isso é sacrilégio!), daí seu boleto sempre vence 1 ou 2 dias antes do quinto dia útil do resto do Brasil. De boas, tô até acostumado a pagar sempre atrasado. A questão é que meu pagamento caiu hoje, na mesma data de vencimento do boleto de setembro, e eu pensei em uma vez na vida ter a capacidade de não pagar juros e taxa de conta vencida. Fui lá, tirei a grana e fui à faculdade quitar minha dívida com a sociedade (ou ao menos, metade dela). O fato é que "não recebemos mensalidade antes do…

Falando de religião

Eu saio na hora do almoço da escola às quartas-feiras e, após resolver algumas coisas da vida, cheguei em casa como sempre na vontade de usar o computador. Minha irmã estava no meu quarto e meu notebook só se conecta á internet quando cabeado, então peguei o pc da minha mãe e fiquei na sala. 

Só estou descrevendo isso, porque é algo que NUNCA ocorre, não fico normalmente na sala  de casa às três da tarde. Foi quando tocou a campainha no melhor "tem um tempinho para Jesus?". Olhei pelo vidro da porta: dois daqueles rapazes de camisa branca e gravata que passam pelas ruas. Certa vez eles vieram em casa e conversaram com meu pai.

Eu sabia no que aquilo tudo ia dar, entretanto eu não era o mesmo daquele tempo... minha fé e meu conceito de religião já mudaram muito. Fui atendê-los.
Um era bem branco, alto, com um sotaque estrangeiro: americano ou inglês. O outro era mulato mas falava meio ressabiado de boca quase fechada... tentei identificar naquele momento de que país era, mas foi…