11/03/2008

Pleno Quotidiano XV

Cena 4

( sala de aula, Marcos em evidência, figurantes entram e vão se sentando, simulando os alunos)


Marcos: - Olha só quem está aqui!
- Pivete!
Marcos: -Ê , gracinha! Sabe que eu me chamo Marcos.
- Sim , sei.
Marcos: - Mas e aí ? O que está achando?
- Uma merda. O povo daqui fede. Sabe quando você entra num lugar e pensa "Meu Deus, o que eu estou fazendo aqui!?"
Marcos: -Entendi, vou pra lá...
- Espera brow. Não é contigo não.
Marcos: - Que doce está hoje...
- Posso ser mais doce que isso, você nem imagina.
Marcos: ( silêncio)
(ri) - Calma, rapaz. Estou zuando.
Marcos: - ha ...ha ha...( riso falso)
- Não precisa fingir pra mim.
Marcos: -Não to fingindo. Demorei a entender apenas.
(tempo)
- Diga , Marcos...
Marcos: - Oi!
- O que achou do povo dessa sala.
Marcos: - A maioria não tem metade do cérebro útil. Tem uns que pensam que tem, esses são piores.Prá lá (apontando) ficam os ricos e ratos de academia, pra cá (aponta pro lado oposto) os nerd's e os velhos.
- E nós no meio.
Marcos: -Talvez. Mas por puro acaso.
- Eu acho que você está no meio por opção.
Marcos: - Ah...
( é interrompido por uma voz de professor que começa a fazer chamada)
- Dizia?
Marcos: -Esquece...
- E as cocotas?
Marcos:- Quem? As minas?
- Isso, isso.
Marcos: - Tem umas gostosas, só que a maioria se encaixa na classe dos sem cérebros.Tem aquela lá, mais velha.Eu pegava.
- Que nojo!
Marcos: - Dá caldo...
Voz do professor:-MARCOS?
( os dois erguem o braço)
Ambos: Presente!
( Marcos olha assustado)
Professor: Calma, quem é Marcos Felipe?
Marcos: Eu.
Professor: Você é Marcos Paulo?
Paulo: -Sim, mas prefiro Paulo.
Marcos: -Seu nome é igual ao meu é?
Paulo: - É o que parece. Temos muito em comum. Não acha?
Marcos:- Sim...

(Fade out, B.O)

Nenhum comentário: