21/02/2008

Pleno quotidiano I

Cena12

(Lanchonete, luz baixa. Discutem em pé próximos de uma mesa)


-A culpa foi tua!
-Minha? Por quê !?
-Eu te disse pra parar de riscar meu braço daquele jeito.
-Eu tava zoando, cacete!
-Não interessa. Não entende que é você abrir a boca que chama a atenção? Mandaram a gente sair, e agora?
-Agora nada, ué! E que mania de botar a culpa em mim! Você deu escândalo também!
-Claro! Você gritou comigo.
-Gritei merda.Cê gosta é de aparecer, isso sim.
- Teu cu!
-Gosta sim, não vem dizer que é mentira.Você gosta que lhe notem acima do seu palquinho.
- Largue mão, o atorzinho amador aqui é você!
- Sou mesmo, pelo menos eu assumo!
- Assume é , bixa!
- Sua infantilidade ainda consegue me impressionar.Impressionante!
-Cala a boca.(aproxima-se)
-Cala você (encara bem de perto)
(beijam-se)
-Te amo.
-Quem era infantil aqui mesmo?

(B.O)

3 comentários:

tiago disse...

Ótimo!! Final perfeito, menine!!

Esperava qualquer coisa menos isso... HOHO!
Menine criativo! (y)

Abração...

:Tih Faller.

Harlequin'Aglio disse...

Tih seja sempre bem vindo
Obrigado pela atenção :)

tiago disse...

HOHO!! Estarei sempre aqui...

Muito em breve você será bem vindo ao meu tambem. Rsrs!

Boas postagens merecem atenção.. ^^