29/02/2008

Pleno Quotidiano IX

Cena 8

(sala de aula, vazia, Marcos na carteira do canto lê um livro, o celular toca)

Marcos: (olha a bina e atende)- Oi Cá.
Carina: - Bom dia amor. Onde você tá?
Marcos: - Na sala de aula. Tivemos aula vaga hoje e eu to aproveitando pra estudar.
Carina: -Você ta bem?Sua voz tá diferente.
Marcos: Tô.Ah...(pausa) Eu tô mais ou menos.
Carina: - Que foi?
Marcos: -Ah Cá...umas coisas aí.Depois eu te falo.
Carina: - Quem?
Marcos: -Quem o que?
Carina: - Quem falou o quê pra você ficar assim?
Marcos: (risos) Haha. Depois eu te conto. Vou acabar com teus créditos.
Carina: -To no serviço, cala a boca e fala.
Marcos: - Cala a boca ou fala?
Carina: - Vai Marcos, cacete.
Marcos: - Lembra da história do fusca?
Carina: - Sim. Você ficou interessado.É isso?
Marcos: - Fiquei.
Carina: (silêncio)
Marcos: (silêncio)
Carina: - ... vai atrás.
Marcos: Fui.
Carina : - E?
Marcos: - Rolou.
Carina: (silêncio)
Marcos: (silêncio)
Carina: - Foi bom?
Marcos: - Foi.
Carina:- Como?
Marcos: - Bom
Carina: -Como, cacete?
Marcos: - Foi...não tem como explicar. Sabe quando acabam com todas as suas defesas?
Carina: - (silêncio) Acho que sim...
Marcos: - Então. Acabou comigo primeiro. Me descobriu. Destruiu minhas barreiras.
Carina:- Tá amando?
Marcos: - Não.
Carina: - Tá.
Marcos: - Não.
Carina: - Tá.
Marcos: -Não sei. Tô. Ou não. Nunca me senti assim antes.
Carina: - Quer de novo?
Marcos: - Não.
Carina: - (silêncio) Esse não me soou sincero.
Marcos: -Ainda bem.
Carina: - E minha prima?
Marcos: - Gosto dela.
Carina: - Isso pareceu sincero também.
Marcos: - Vou pedir pra ficar com ela.
Carina: - Não peça
Marcos: - Afe! Por quê?
Carina: - Não fale nada. Chegue e beije.
Marcos:- Como?
Carina: - Não, ainda não.Espera umas duas semanas de namoro.
Marcos: (rindo) Haha. Só você Cá.
Carina: -(silêncio) Eu sei.Só eu mesma!
Marcos: - Lhe obedecerei.
Carina: - Se me prometer que não fará isso sempre, tudo bem.
Marcos: - Prometo.
Carina: - Vou te deixar estudar.
Marcos: - Isso se eu conseguir.
Carina: - Cuidado com o que parece mas não é Marcos.
Marcos: - Tá.
Carina: - Beijos.
Marcos: - Beijos, amo vo...(Carina desliga).
(Marcos olha pro celular, sorri e volta ao seu livro)

(B.O)

Nenhum comentário: